Canais de Notícia

Ciência & Tecnologia

Publicada em 14/02/2013

Conversão de aeronaves agrícolas para uso de etanol tem novas regras

Está em vigor desde janeiro uma nova Instrução Suplementar da ANAC sobre o procedimento.

Da Redação*

A conversão de motores de aeronaves agrícolas para uso do etanol em vez da gasolina de aviação tem novas regras. Está em vigor desde o dia 11 de janeiro uma Instrução Suplementar (IS) da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) que tornou mais específicas as regras para a emissão da Autorização Especial de Voo (AEV) dos aviões convertidos.

Segundo a IS, o preço baixo do etanol frente à gasolina de aviação, aliado à tecnologia já disponível na indústria automotiva despertou o interesse de operadores de aviões equipados com motores aeronáuticos convencionais, notadamente dos prestadores de serviço da aviação agrícola, quanto ao uso desse combustível.

Enquanto a versão anterior da IS sobre etanol dizia apenas que a certificação de aeronavegabilidade seria dada pela ANAC mediante uma AEV e que esta deveria ser requerida mediante formulário específico, a nova regra especifica, por exemplo, o prazo de seis anos para validade da Autorização emitida pelo órgão.

A nova versão da IS também considera outros certificados de aeronavegabilidade da aeronave e ainda trata dos casos de aviões com certificados suspensos ou que ainda não possuem o documento.

Para conferir a íntegra da IS clique aqui .

(*Com informações do Sindag)