Canais de Notícia

Ciência & Tecnologia

Publicada em 07/05/2015

Entidade vai debater eficácia de defensivos contra pragas e doenças

Apresentações de resultados de pesquisas da Fundação MS serão realizadas em 10 municípios.

Da Fundação MS

Ensaios conduzidos pela Fundação MS durante a última safra de soja em Mato Grosso do Sul apontam o grau de eficiência de alguns produtos, como inseticidas e fungicidas, no controle de lagartas, percevejos e doenças nas lavouras. Os resultados serão apresentados com mais detalhes em 10 municípios sul-mato-grossenses, durante os meses de maio e junho, por meio de circuito de palestras com pesquisadores da Fundação MS.

O objetivo das palestras é esclarecer dúvidas dos produtores rurais, por meio dos estudos realizados ao longo do ano pela instituição. “Vamos falar um pouco mais sobre como utilizar cada produto dentro de cada situação, abrindo um leque de opções para os produtores”, salienta o pesquisador de fitossanidade da Fundação MS, José Fernando Jurca Grigolli.

Conforme o pesquisador, entre as doenças que mais afetaram a safra da soja no Estado estão a antracnose, uma das principais doenças desta cultura e que pode causar apodrecimento e queda das vagens; e a ferrugem, que apesar de ser a doença mais agressiva e que preocupa os produtores, foi encontrada apenas em algumas regiões.

Para o controle e redução dessas infestações, o pesquisador destaca alguns métodos utilizados. “Nós temos basicamente o uso de produtos para o tratamento de sementes, a aplicação de inseticidas e fungicidas em situações favoráveis, além dos métodos de controle biológico e cultural que auxiliam no seu manejo”, ressalta.

Segundo Grigolli, as pesquisas conduzidas pela Fundação MS são divididas em estudos de monitoramento e estudos de eficiência de controle. Na primeira opção, os pesquisadores acompanham áreas do Estado para ter conhecimento do tipo de ocorrência de possíveis pragas e doenças que serão encontradas na safra; já na segunda, a partir do momento em que os focos de pragas e doenças são detectados, as equipes de trabalho realizam os testes de produtos para a eficiência de controle diante de cada situação.