Canais de Notícia

Ciência & Tecnologia

Publicada em 19/01/2015

Edição 2015 do Showtec começa nesta quarta-feira em Maracaju

Evento vai apresentar mais de 500 tecnologias para o agronegócio.

Da assessoria

Começa nesta quarta-feira (21), a edição 2015 do Showtec. A feira, primeira do calendário de eventos do país e uma das mais importantes em agro tecnologia, vai até o dia 23 de janeiro, em Maracaju, a 157 quilômetros de Campo Grande.

Durante os três dias de evento, serão realizadas palestras técnicas, com temas que englobam desde a produção de grãos de alta qualidade até as tendências econômicas, além de debates e exposições voltadas para toda a cadeia produtiva do agronegócio. Mais de 120 expositores já estão confirmados, com cerca de 500 tecnologias.

De acordo com o presidente da Fundação MS, Luis Alberto Moraes Novaes, os trabalhos que serão apresentados no Showtec são fruto da interação construída ao longo dos anos com a comunidade científica do Estado. “Temos parcerias com a Embrapa, Universidades e outras instituições, que irão mostrar os resultados de pesquisas e inovações tecnológicas para o agro. Dessa forma, o produtor poderá levar mais conhecimento e segurança para seu ambiente de produção”, afirma.

Entre os destaques da programação, está o tradicional Giro Tecnológico. Por meio de palestras técnicas, pesquisadores da Fundação MS abordarão temas como variedades de soja. A ideia é mostrar ao produtor a amplitude das novas variedades existente no mercado e como utilizar as tecnologias corretas para aumentar a produtividade. Além disso, entra em pauta assuntos como descompactação do solo, consórcio de soja, controle biológico e reforma de pastagem, além de possibilitar a troca de experiências entre os produtores rurais.

O Showtec também dará ênfase para o programa Mais Floresta, desenvolvido pelo Senar/MS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural). Os benefícios da Integração Lavoura Pecuária Floresta (ILPF), bem como a formação de pastagens e casos de sucesso em Mato Grosso do Sul serão evidenciados. Entre as vantagens da ILPF, está a diversificação da matriz econômica, possibilitando agregar atividades agrícolas, pecuárias e florestais que podem ser realizadas na mesma área.

O projeto Máquina de Ideias é outra novidade desta edição. “O objetivo do ‘Máquina de Ideias’ é trazer um pouco de oxigênio para o agronegócio, ou seja, considerar temas importantes para o setor, mas ao mesmo tempo unir profissionais de outras áreas, com diferentes ferramentas e formas de pensar, para trabalhar no agro”, explica um dos criadores do projeto e pesquisador da Fundação MS, André Lourenção. Além disso, outro objetivo é integrar a comunidade de Maracaju com a feira que acontece todo ano na cidade.

Já no stand da Embrapa, haverá painéis de discussão sobre Sistema de Produção Sustentável, alternativas para redução dos custos de produção, integração lavoura-pecuária e manejo integrado de plantas daninhas. Além disso, os pesquisadores farão uma demonstração sobre Inteligência Artificial, mostrando o uso de novas ferramentas para a gestão dos sistemas de produção.

No setor da cana-de-açúcar, haverá uma programação especial no stand da Biosul (Associação dos Produtores de Bioenergia de Mato Grosso do Sul), com seminário sobre Manejo Varietal de Cana-de-Açúcar, palestra sobre o Programa de Melhoramento e Resultados para o MS, além de casos de sucesso. Haverá, ainda, o Circuito de Pequenos Negócios Rurais, com espaço para negociações e discussões sobre áreas de produção de leite em gado confinado, análises da qualidade do leite e manejo de pastagem.