Canais de Notícia

Ciência & Tecnologia

Publicada em 15/01/2015

Quatro novas variedades Ridesa são resistentes às principais doenças

Variedades se destacam pela competitividade e já em fase de multiplicação.

Da Ridesa

O Programa de Melhoramento Genético da Cana-de-açúcar da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), integrante da Rede Interuniversitária para o Desenvolvimento do Setor Sucroenergético (Ridesa), anunciou, no final de 2014, quatro novas variedades RB de cana-de-açúcar que deverão, em breve, ser liberadas para o plantio, devido ao fato de terem se destacado durante o processo de seleção e experimentação. Uma delas, inclusive, a RB975201, já foi a décima variedade mais plantada no estado de Mato Grosso do Sul em 2014. Os materiais já estão em fase acelerada de multiplicação nas unidades conveniadas.

Segundo o pesquisador Roberto Chapola, da Ridesa/UFSCar, é importante que os produtores experimentem novos materiais para que possam aumentar suas opções para o plantio. “Nesse sentido, essas quatro pré-liberações mostraram grande potencial durante as fases de experimentação, muitas vezes superando os resultados dos padrões (variedades comerciais).”

Chapola ressalta que os novos materiais são muito competitivos e resistentes às principais doenças da cultura. “Cada produtor possui necessidades específicas e, diante disso, a Ridesa tem trabalhado e continuará trabalhando intensivamente para suprir essas carências.”

Confira as pré-liberações da Ridesa/UFSCar e suas principais características:

· RB975952: opção para o início de safra nos melhores ambientes de produção;

· RB985476: possui altíssima produtividade, devendo ser colhida no meio de safra;

· RB975201: opção para o final de safra, excelente resposta nos melhores ambientes de produção e ausência de florescimento;

· RB975242: opção para o final de safra, não floresce e deve ser alocada em ambientes médios a restritivos.

As quatro pré-liberações da Ridesa/UFSCar foram apresentadas para profissionais de usinas e produtores de cana no final do ano passado, durante a Reunião Técnica Anual da instituição, em Ribeirão Preto.