Canais de Notícia

Ciência & Tecnologia

Publicada em 09/10/2014

Conferência BBEST discutirá avanços recentes em bioenergia

Evento será promovido entre os dias 20 e 24 de outubro, em Campos do Jordão.

Agência Fapesp

A segunda edição da Brazilian Bioenergy Science and Technology Conference (BBEST) apresentará em Campos de Jordão (SP), entre 20 e 24 de outubro, avanços recentes da pesquisa científica e tecnológica sobre bioenergia e outras fontes de energias renováveis no mundo. O objetivo da reunião é contribuir para a tomada de decisões bem informadas sobre a redução de emissões de carbono e a transição para uma economia sustentável.

Estarão em pauta temas como os impactos da expansão sustentável da bioenergia, segurança energética, aspectos ambientais, geração e transferência de tecnologias, rotas para a produção de etanol e de biocombustíveis avançados e motores movidos a biocombustíveis.

Com apoio da FAPESP, no âmbito do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN), o encontro reunirá cientistas ligados a instituições de ensino e pesquisa do Brasil e de outros 12 países, estudantes e representantes de organizações não governamentais, empresas e governo.

O primeiro dia da conferência (20/10), o Policy Day, terá quatro mesas-redondas sobre Segurança Alimentar, Energética e Climática, Sustentabilidade e Inovação.

Esses foram os temas centrais do Rapid Assessment Process, avaliação realizada com apoio da Secretaria do Comitê Científico para Problemas do Ambiente (Scope), órgão intergovernamental parceiro da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco).

O objetivo do trabalho do Scope foi indicar opções para a expansão sustentável da bioenergia no mundo.

Essa avaliação global foi coordenada por pesquisadores dos Programas FAPESP de Pesquisas em Caracterização, Conservação, Restauração e Uso Sustentável da Biodiversidade (BIOTA-FAPESP), de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais (PFPMCG) e BIOEN e teve a participação de 134 especialistas de 24 países, com foco no uso da terra, tecnologias e impactos relacionados à geração e uso de bioenergia.

Programação abrangente

O programa da segunda BBEST inclui ainda sessões plenárias, especiais e paralelas, além da exibição de painéis sobre projetos de pesquisa nas cinco vertentes do BIOEN: biomassa; tecnologias para biocombustíveis; alcoolquímica e biorrefinarias; motores e outros dispositivos de conversão; e integração de processos e sustentabilidade. Estão previstas para o dia 24 de outubro visitas a laboratórios, usinas e empresas instaladas no interior de São Paulo.

Sessões plenárias e especiais tratarão de biocombustíveis para aviação, rotas e processos para produção de bioenergia e pesquisas feitas em instituições do Reino Unido. Entre os palestrantes, estão lideranças científicas da University of York e do Biotechnology and Biological Sciences Research Council (BBSRC) – ambos no Reino Unido; International Climate and Energy Program, ligado à National Wildlife Federation (NWF); e o National Renewable Energy Laboratory (NREL), o único laboratório federal norte-americano dedicado à pesquisa, desenvolvimento, comercialização e implementação de energias renováveis eficientes.

Sessões paralelas nos dias 21, 22 e 23 de outubro tratarão de tecnologias para a geração de biocombustíveis, matérias-primas, tecnologias complementares (energias eólica e solar, biogás), uso da biologia sintética para aumento do rendimento de matérias-primas, questões políticas, econômicas e ambientais envolvidas na sustentabilidade da bioenergia e a criação de inovações e transferência de tecnologias. Pesquisadores ligados a instituições com ênfase na pesquisa em energia do Brasil, Estados Unidos, Holanda, Canadá, África do Sul e Reino Unido farão apresentações.