Canais de Notícia

Ciência & Tecnologia

Publicada em 24/07/2014

Fiems inaugura Instituto de Tecnologia Alimentos em Dourados

Toda a estrutura do Senai do município foi reformada e ampliada

Da Fiems

O presidente da Fiems, Sérgio Longen, inaugura, nesta sexta-feira (25/07), às 13h30, em Dourados (MS), o Instituto Senai de Tecnologia Alimentos (IST Alimentos), que vai permitir a ampliação dos serviços técnicos e tecnológicos oferecidos para atender a demanda das indústrias do segmento de alimentos e bebidas da região e de todo o Estado. Para a implantação do IST Alimentos, o Senai de Dourados recebeu investimento da ordem de R$ 5 milhões para obras de reforma, ampliação e modernização, iniciadas no ano passado.

Segundo o diretor-regional do Senai, Jesner Escandolhero, o IST Alimentos integra o Programa Nacional de Apoio à Competitividade da Indústria Brasileira desenvolvido pela CNI (Confederação Nacional da Industria). “Em consonância à aptidão econômica de Mato Grosso do Sul, mais especificamente da região sul do Estado, o Instituto Senai de Tecnologia Alimentos foi implantado na estrutura do Senai de Dourados e, por isso, foi necessária a reformulação da unidade”, disse.

Apenas o município de Dourados conta hoje com 92 indústrias no segmento de alimentos e bebidas, que juntas empregam 5.129 trabalhadores, enquanto em todo o Estado são 957 empresas e 46.664 empregados. Essas empresas precisam, com certa frequência, de diferentes tipos de análises de amostras de seus produtos para atestar a qualidade dos produtos. Com o Instituto, agora a quantidade de ensaios ou tipos de análises realizados até então pelos laboratórios do Senai de Dourados será aumentada.

Para a implantação do Instituto Senai de Tecnologia Alimentos, a estrutura física do Senai de Dourados foi ampliada e a área total passou para 7.630,45 m², dos quais 1.491,51 m² foram reformados e outros 1.590,22 m² foram construídos. Pelo projeto, foram edificados o bloco administrativo, que tem no 1º piso a sala de professores, supervisão pedagógica, biblioteca, sala de reunião, recepção e secretaria financeira, enquanto o 2º piso tem 12 salas de aula, que vão possibilitar a abertura de mais 1.200 novas vagas de imediato em cursos de formação profissional.

Além disso, foram reformados o auditório, o bloco com 5 salas de aula, a cantina e o CTV (Centro Tecnológico do Vestuário), que conta com oficina de costura, sala de treinamento, modelagem didática, sala de prestação de serviço e sala de almoxarifado. A unidade também tem novos acessos e conta com mais 97 vagas no estacionamento interno e outras 17 no externo.