Canais de Notícia

Ciência & Tecnologia

Publicada em 31/03/2014

Agricultores familiares conhecem tecnologias em Giro Tecnológico

Giro foi realizado durante a Feira Estadual de Sementes Crioulas.

Da assessoria

No período de 28 a 30 de março, durante a 9ª Feira Estadual de Sementes Crioulas e de Alimentos da Agricultura Familiar, realizada em Caarapó/MS, no Parque de Exposições, cerca de 75 agricultores familiares de diversas regiões do Estado participaram do Giro Tecnológico, Roteiro 2, denominado Região de Sete Voltas, e conheceram as lavouras e as tecnologias utilizadas no Sítio São Pedro, de propriedade de João Maran.

Durante a visita realizada no sábado, 29 de março, das 13h30 às 16h30, os agricultores obtiveram informações sobre plantio e manejo de milho, variedades de feijão + fixação biológica de nitrogênio, plantio direto de mandioca e consórcio milho com braquiária, que vão facilitar o dia-a-dia na lida no campo e agregar valor a produção. Os palestrantes das quatros estações visitadas, foram: Euclides Maranho (milho), Claudio Lazarrotto (variedades de feijão + fixação biológica de nitrogênio), Gessi Ceccon (consórcio milho com braquiária) e Auro Akio Otsubo (plantio direto de mandioca).

Para a agricultora familiar Rosangela Centurião, do Assentamento Matão, da cidade de Bandeirantes, localizada a cerca de 340 km de Caarapó, o giro tecnológico foi maravilhoso. "Essa foi a primeira vez que participei de um giro tecnológico. Eu aprendi muito mesmo. As explicações foram muito claras e tudo foi falado de um jeito que deu para entender muito bem", disse.

Para o revendedor de máquinas agrícolas, Adelar Henckemaier, que participou das atividades, o giro reforçou a importância e o sucesso do sistema de plantio direto. "Todas as informações dadas nas quatro estações são importantes e reforçaram que o plantio direto contribui diretamente com a conservação do solo. Ficou claro para esse público que o cuidado com o solo é fundamental. Os exemplos ditos e mostrados reforçaram que é possível e preciso investir em tecnologias simples e acessíveis, que ajudem a conservar o solo", destacou Adelar.

Geraldo Francisco Bonetti, é agricultor familiar da Gleba Indaiá, em Iatquiraí, ele achou o giro tecnológico muito produtivo. "Aprendi bastante coisa. Gosto muito de milho, acho ele um dos alimentos mais importantes produzido nas nossas terras. A palestra sobre milho, me ensinou muita coisa importante, que vou colocar em prática e dizer para os meus colegas que não puderam vir", disse Geraldo.

O agricultor de Rio Brilhante, do Assentamento lagoa Azul, Nédio Reginatto, ficou muito satisfeito com os conhecimentos adquiridos em termos gerais, mas disse que gostou das informações sobre o plantio direto da mandioca. "Estou voltando animado e vou implantar o que aprendi em minha propriedade", comemorou ele.

Realização

A 9ª Feira Estadual de Sementes Crioulas e de Alimentos da Agricultura Familiar é uma promoção da Federação da Agricultura Familiar de MS (FAF-MS) e será realizado pela Cooperativa de Habitação dos Agricultores Familiares (Coophaf), Prefeitura Municipal de Caarapó, Embrapa Agropecuária Oeste, Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), Secretaria de Estado de Desenvolvimento Agrário, de Produção, de Indústria, Comércio e Turismo (Seprotur) e do Governo de Mato Grosso do Sul.