Canais de Notícia

Ciência & Tecnologia

Publicada em 26/03/2014

FMC orienta sobre uso de defensivos em tabaco na Expoagro Afubra

Evento vai até o dia 27 de março, no Parque da Expoagro Afubra (Rincão del Rey).

Da assessoria

Com o objetivo de levar conhecimento e tecnologias que contribuem para a produtividade no campo, a FMC participa da 14ª edição da Expoagro Afubra, com cerca de 390 expositores. Campos demonstrativos para as tecnologias de tabaco, soja e arroz e palestras de orientação de aplicação segura de defensivos agrícolas em tabaco são ações que a companhia realiza durante a Feira.

O gerente de Culturas Sul da FMC, Eduardo Menezes, explica o manejo das culturas com seu amplo portifólio. “Para tabaco, os herbicidas pré-emergentes Gamit 360 CS (complexo de folhas estreitas) e Boral (complexo de folhas largas), inseticida Talstar (controle de pulga e broca do fumo) e o fungicida Rovral (controle de fungos na produção de mudas).

Já em soja, o fungicida Locker (único do mercado com 3 mecanismos de ação para o controle da ferrugem asiática, oídio, antracnose e mancha-alvo), além do inseticida biológico Dipel (para o controle de Helicoverpa armigera e lagarta falsa medideira), inseticida Talisman (dois modos de ação e alto desempenho em percevejos) e Rocks (inseticida para tratamento de sementes).

Já na cultura do Arroz Irrigado os destaques são para o herbicida pré-emergente Gamit 360CS, com a tecnologia GP diferenciada, que proporciona ao agricultor segurança ambiental e excelência em residual, inseticidas Talisman e Mustang (controle de percevejos e lagartas com alto poder de choque), fungicida Emerald (máximo desempenho no controle de Manchas) e no sistema pré-germinado o herbicida Aurora (controle se sagitária e ciperáceas).

Tabaco

Em todos os dias na feira, no stand da FMC, os palestrantes Marcio Ebling (FMC) e Carmo José Kauffmann (Inagro) realizam palestras gratuitas sobre “Aplicação Correta e Segura de Defensivos Agrícolas em Tabaco”, do Projeto Aplicar Tabaco, realizado em parceria com SindiTabaco. Serão duas sessões pela manhã (9h e 10h) e 3 de tarde (14h, 15h e 16h).

“Estamos na terceira etapa do projeto, agora compartilhando orientações e conhecimento diretamente com os produtores, já realizamos com multiplicadores das principais empresas do segmento de tabaco (1ª etapa) e orientadores agrícolas (2ª etapa). O objetivo do projeto é esclarecer dúvidas sobre o correto uso dos produtos e orientar sobre as melhores práticas de aplicação para obter melhores resultados no campo com segurança. A FMC sempre atua por meio de uma agricultura responsável com todos os elos da cadeia produtiva. ”, destaca o Menezes.