Canais de Notícia

Ciência & Tecnologia

Publicada em 17/03/2014

Netafim planeja difundir sistema de gotejamento enterrado no País

Técnica desenvolvida pela empresa revoluciona a irrigação de café.

Da assessoria

O Brasil é o maior produtor e exportador de café do mundo. Em consumo, fica atrás apenas dos Estados Unidos. A previsão para a produção em 2014 é de 200 milhões de toneladas, crescimento de mais de 50% nos últimos oito anos. Deste total, 10% utilizam técnicas variadas de irrigação, seja por aspersão, seja localizada, e são responsáveis por produção de 25% da produção nacional de café. E a tendência é de que este número aumente exponencialmente, para atender à expectativa do crescimento da população que pode chegar a mais de 9 bilhões de pessoas em 2050.

Desde a década de 90, quando foram implantados os primeiros projetos de gotejamento, que, atualmente, é a técnica agrícola mais implantada, grandes avanços ocorreram, com destaque para a técnica de gotejamento subterrâneo desenvolvido pela Netafim, empresa pioneira e líder mundial em soluções de irrigação por gotejamento. Entre as vantagens deste novo sistema em relação ao convencional está a flexibilidade do uso do maquinário agrícola.

“Como o sistema está enterrado no solo, o cafeicultor pode utilizar seu maquinário sem o receio de danificar os tubogotejadores”, explica Carlos Sanches, gerente agronômico da Netafim Brasil. Dentre outras vantagens, o sistema dificulta a germinação de plantas daninhas, uma vez que a superfície do solo se mantém seca; apresenta maior disponibilidade de nutrientes, aumentando a eficiência na absorção dos mesmos, pelo fato do ponto de emissão estar mais próximo da raiz; e reduz perdas por evaporação de água no solo.

Com foco na inovação, sustentabilidade e desenvolvimento da produção em culturas de café, a Netafim estipulou uma meta agressiva de 100% de crescimento. Por isso, estará presente na Feira Nacional de Irrigação em Cafeicultura (Fenicafé) 2014, que acontecerá entre os dias 18 e 20 de março, em Araguari (MG). A feira compreende três grandes eventos: o XIX Encontro Nacional de Irrigação da Cafeicultura no Cerrado; XVII Feira de Irrigação em Café do Brasil; e o XVI Simpósio Brasileiro de Pesquisa em Cafeicultura Irrigada.