Canais de Notícia

Ciência & Tecnologia

Publicada em 11/03/2014

Fundação MS aborda expansão agrícola em áreas de pastagem na Dinapec

Evento também discute consórcio de milho com capins e correção de fertilidade do solo.

Mato Grosso do Sul passa por um bom momento de expansão de sua área agrícola, por conta das boas condições climáticas, avanços tecnológicos e, ainda, o preço dos grãos, que tem possibilitado investimentos no setor. O cenário é favorável e, pensando nisso, a Fundação MS participa dos Roteiros Tecnológicos da Dinapec 2014, que será realizada nos dias 12, 13 e 14 deste mês. Além de abordar a expansão da agricultura em áreas de pastagens, também estão na pauta assuntos como o consórcio de milho com capins, tecnologias de implantação e correção de fertilidade do solo em áreas de cobertura.

De acordo com o diretor executivo e pesquisador da Fundação MS, Renato Roscoe, o crescimento de áreas no Estado tem gerado constante busca por informações sobre cultivo e manejo de culturas agrícolas em áreas tradicionalmente utilizadas na pecuária. “Isso exige do produtor rural conhecimentos específicos para o uso sustentável dessas áreas para o cultivo de grãos”, analisa Roscoe.

Os benefícios dos sistemas de implantação do consórcio de milho com capins serão tratados no evento, com abordagem das técnicas, procedimentos, produtos e equipamentos que podem ser utilizados para essa técnica. A ideia é oferecer ao produtor rural informações que contribuam na escolha do investimento. “A utilização do consórcio entre milho safrinha e capins tem aumentado no nosso Estado. As vantagens que o sistema proporciona, permitindo o plantio direto da soja no verão, tem feito com que cada vez mais agricultores busquem sistemas de implantação do consórcio”, avalia o pesquisador André Lourenção.

O consórcio de milho com capins, visando à produção de silagem é outro assunto de destaque dentro dos roteiros tecnológicos. A demanda por sistemas de produção eficientes e sustentáveis fez com que o uso de consórcios, como o de milho com capins, ganhasse destaque no cenário agrícola do Cerrado. “Entre os benefícios da união dessas duas culturas, está a fonte de alimento para o gado, tanto na forma de pasto, como na de silagem”, salienta o pesquisador Alex Melotto.

Ainda dentro dos roteiros tecnológicos da Dinapec 2014, os participantes poderão adquirir novos conhecimentos sobre correção de fertilidade do solo. “Esse fator interfere diretamente na produtividade do sistema, devendo ser muito bem conhecido e manejado”, explica o pesquisador Douglas Gitti, responsável em ministrar o tema.