Canais de Notícia

Ciência & Tecnologia

Publicada em 24/02/2014

Geomembranas na agricultura beneficiam produtor e a natureza

Produzido pela Cipatex®, o Cipageo® pode ser utilizado em biodigestores, lagoas artificiais, reservatórios e canais de irrigação.

Da assessoria

Presente em vários segmentos da economia, o plástico ganha cada vez mais espaço na agricultura. O uso do material, como as geomembranas de PVC, nas propriedades rurais pode proporcionar inúmeras vantagens, além de reduzir impactos ambientais causados, por exemplo, por dejetos de criações de porco e gado.

“A adoção de biodigestores, que podem ser revestidos com geomembranas, representa grande melhoria aos criadores e para natureza”, comenta Adolpho Meldau, gerente de produto Cipageo®, geomembranas produzidas pela Cipatex®.

O biodigestor é uma câmara totalmente fechada, onde os restos de alimentos e dejetos dos animais entram em um processo de fermentação anaeróbia. Dessa forma, é possível reaproveitar detritos para gerar gás e adubo, também chamados de biogás e biofertilizantes. “A utilização de biodigestores é altamente sustentável, por ser positiva tanto para o meio ambiente, ao evitar a contaminação do solo, lençol freático e afluentes, como para a economia do produtor rural”, ressalta o gerente.

A utilização das geomembranas na agricultura não para por aí. O material pode ser aplicado na impermeabilização de lagoas artificiais, usadas para armazenagem de água ou resíduos, criação de peixes, reservatórios e canais de irrigação.

De acordo com Meldau, as geomembranas de PVC apresentam grande alongamento, maleabilidade e flexibilidade e podem ser empregadas com facilidade a qualquer tipo de superfície, sendo recomendável evitar elementos perfurantes. Com a opção de solda ainda em fábrica e possibilidade de confecção em painéis, permite a aplicação em diversos tipos de projetos e formatos que atendam a necessidade do produtor rural.

Tecnologia e fácil instalação

As geomembranas de PVC são instaladas de forma rápida e prática, o que resulta na queda do custo de mão-de-obra e equipamentos. Basta escavar o terreno na dimensão desejada e fazer uma vala de ancoragem ao redor do lago ou reservatório. Como a manta vem pré-confeccionada, é necessário somente estendê-la e fixar suas bordas na vala externa com terra, sem necessidade de argamassa ou tijolos. Alguns proprietários optam por decorar em torno da área com pedras de grandes dimensões. No caso de lagoas artificiais, é recomendável a instalação de aerador, um equipamento que melhora a condição da água, com a oxigenação, e garante um habitat mais natural e saudável para os peixes.