Canais de Notícia

Ciência & Tecnologia

Publicada em 29/01/2014

Basf investe no segmento de serviços para o produtor rural

Digilab Mobile Tablet, AgroDetecta e Smart Spray Solution foram apresentados pela empresa durante o Showtec, em Maracaju (MS).

Anderson Viegas

Além de um grande leque de produtos químicos para a agricultura, como fungicidas, herbicidas, inseticidas, materiais para o tratamento de sementes, fertilizantes e inoculantes, a Basf está investindo também no segmento de serviços para o produtor rural.

“A Basf decidiu investir nessa área para atender uma lacuna que existia no mercado, a de oferecer ao produtor uma solução completa para a sua propriedade, com os produtos para a sua lavoura e os serviços para auxiliá-lo no controle e gestão do seu empreendimento”, explicou o gerente Desenvolvimento de Mercado da companhia, Hélio Oliveira Marques Júnior.

No Showtec, o evento de difusão de tecnologias da Fundação MS, que foi realizado entre os dias 22 e 24 de janeiro, em Maracaju (MS), além de destacar o lançamento do OrkestraTMSC, seu novo produto contra a ferrugem asiática, que foi desenvolvido a partir de um novo grupo químico a base de carboxamida e estrobilurina, a Basf também destacou seu portfólio de serviços.

Foi apresentada no evento a versão para tabletes e smartphones do Digilab, uma lupa digital que permite aumentar em até 100 vezes as imagens possibilitando ao produtor identificar por meio de um banco de dados diretamente nas lavouras de 16 tipos de culturas cerca de 250 tipos de pragas e doenças.

O Digilab foi criado em 2009, inicialmente, para auxiliar o produtor rural a identificar os sintomas das principais doenças em diferentes tipos de cultura.

“Na versão mobile, a ferramenta auxilia tanto o produtor quanto sua equipe de assistência técnica, a identificar de maneira precoce pragas e doenças, facilitando a tomada de decisão do momento certo de fazer a aplicação de defensivos para controlá-los”, explica Marques Júnior.

Outro produto destacado pela empresa no Showtec foi o AgroDetecta, um serviço de monitoramento climático, realizado por uma rede de 250 estações meteorológicas em todo o País, que processam informações relativas à água no solo, molhamento foliar, radiação solar, temperatura e umidade do ar, chuva e velocidade dos ventos.

O gerente Desenvolvimento de Mercado explicou que a atualização dos dados disponibilizados ao produtor ocorre constantemente e que as informações processadas levam em conta modelos matemáticos que projetam o risco de ataques de pragas e doenças em razão das condições climáticas.

“O AgroDetecta segue o conceito de agricultura de precisão, permitindo a otimização de tempo e de recursos da propriedade rural. Neste cenário, o produtor tem como gerenciar todo o manejo da propriedade e aumentar a rentabilidade”.

Atualmente, o serviço atende as culturas de soja, milho, algodão, feijão e trigo. O AgroDetecta contempla 11 doenças, que são: oídio, ferrugem da soja, ferrugem do milho, manchas, ferrugem, giberela, bruzone em trigo, antracnose, ferrugem e mancha angular em feijão e ramulose em algodão.

O terceiro produto apresentado no evento em Mato Grosso do Sul foi o Smart Spray Solution, que oferece aos produtores ferramentas que auxiliam a otimizar os processos, a gestão do empreendimento e a utilização do maquinário agrícola, visando reduzir os curtos e aumentar a produtividade. As ações são desenvolvidas ao longo de um período de três anos e após sua conclusão o produtor recebe uma certificação nos moldes das concedidas na União Européia.