Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 02/08/2013

Etapa de MS do Circuito Feicorte NFT reúne 1.300 pessoas

Pecuaristas de 10 estados brasileiros e da Bolívia participaram do workshop e da feira de negócios.

Circuito Feicorte

Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul sediou pela segunda vez uma etapa do Circuito Feicorte NFT e neste ano teve uma superação de público: mais de 1.300 pessoas passaram pelo evento, realizado nos dias 30 e 31 de julho, no Centro de Convenções Albano Franco. Em 2012, o evento teve um público de 1.100 pessoas.

Participaram do evento produtores rurais de 10 estados brasileiros (MS, MT, GO, MG, PA, PR, RJ, RS, SC e SP), além de uma comitiva de 16 pecuaristas da Bolívia. “Estamos muito satisfeitos com o resultado da etapa de Campo Grande de 2013 do Circuito Feicorte NFT, pois um grande número de produtores rurais e profissionais que atuam no setor puderam ter contato com tecnologias, informações e discussões em busca de uma maior eficiência na produção e comercialização da carne”, avalia a gerente do Agrocentro, que promove o evento, Carla Tuccilio.

“O tema eficiência foi abordado no workshop em 14 palestras com grandes especialistas brasileiros e em ricos debates que mostraram a disposição do setor em evoluir para tornar a atividade cada vez mais produtiva e rentável. Além disso, os visitantes puderam conferir as novidades tecnológicas trazidas pelas empresas na feira de negócios, que são ferramentas fundamentais para a evolução da pecuária junto com o conhecimento”, afirma o gestor da NFT Alliance, também promotora do evento, Alessandro Roppa.

A discussão em torno da qualidade da carne e as formas de obter o produto desejado pelo consumidor tiveram bastante destaque no evento, bem como as estratégias necessárias para não perder produtividade com a frente fria atípica que atingiu a região do Mato Grosso do Sul nas últimas semanas, prejudicando as pastagens e exigindo dos pecuaristas mudanças em suplementação e decisão de confinamento.

“O resultado do evento reforça a fórmula acertada do Circuito Feicorte NFT, que é levar a informação para onde o produtor está e o Mato Grosso do Sul mais uma vez se mostrou bastante receptivo e motivado a aprimorar cada vez mais a qualidade do setor”, destaca Carla Tuccilio.