Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 01/08/2013

Puccinelli lança no dia 15 o pacote de obras do MS Forte 2

O pacote prevê investimentos de quase R$ 1,2 milhão; sendo R$ 357 milhões em recursos autorizados por meio do Proinveste.

Notícias MS

O governador André Puccinelli confirmou nesta segunda-feira (29), durante visita técnica da obra de construção do Pronto Atendimento Médico do Hospital Regional, que o lançamento da segunda etapa do pacote de obras em diversas áreas e arranjos produtivos locais, o MS Forte 2, acontecerá no próximo dia 15 de agosto de 2013.

O pacote prevê investimentos de quase R$ 1,2 milhão; sendo R$ 357 milhões em recursos autorizados por meio do Proinveste - Programa de Apoio ao Investimento dos Estados e Distrito Federal e outros R$ 733,5 milhões que foram liberados para financiamento junto ao Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Para a conquista dos recursos o governo do Estado apresentou planos de trabalho que deram início à vinda dos investimentos visando à integração das regiões, segundo o governador André Puccinelli. “Apresentamos os projetos e haveria que ter o componente social, que no plano apresentado por nós está contemplado nos laboratórios da Faculdade de Medicina e nos vários Arranjos Produtivos Locais. Temos ainda os hospitais que serão construídos, abrigando assim a parte social do MS Forte 2”, detalhou o governador.

Pacote de Obras

O pacote de obras prevê apoio de arranjos produtivos locais para incentivar diversas associações localizadas em diferentes municípios; a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul vai receber ampliação da infraestrutura da unidade de Dourados, construção do campus de Campo Grande, além de laboratórios para ter a faculdade de Medicina vinculada à UEMS. Outro investimento do governo do Estado será na construção do Hospital Público Municipal de Três Lagoas.

O MS Forte 2 também prevê a pavimentação e readequação de 422 km de rodovias, revitalização de outros 696,4 km e implantação e adequação de intercessões e acessos, beneficiando 29 municípios sul-mato-grossenses. Essas obras serão responsáveis pela geração de três mil postos de trabalho. “As obras infraestruturais de incorporação de áreas à produção vão fazer com que se aumente a produtividade do nosso Estado e consequentemente Mato Grosso do Sul tenha mais riqueza gerada diretamente a quem produz e geradas ao governo que arrecada os tributos do que é produzido”, comentou Puccinelli.

Priorizando as particularidades das regiões o governo do Estado já garantiu que R$ 78 milhões fossem destinados ao recape de vias urbanas nos municípios. “Fui o único governador que fiz recape dentro do perímetro urbano nas cidades em auxílio aos municípios através de uma ótica municipalista que foi adotada pelo nosso governo”, disse o governador ao ressaltar que haverá investimentos em outros segmentos conforme as demandas de cada município. “Haverá para as prefeituras dentro de algumas rubricas, que eles elencarem como prioridade, investimentos em casas, recapeamento, asfalto dentro da parte urbana, dentre outros”.

Algumas obras já estão sendo executadas segundo o governador André Puccinelli. “Dos recursos do empréstimo de R$ 357 milhões do Proinveste, conquistados a juros subsidiados, já vieram R$ 100,6 milhões para obras que já estão em fase de execução”, anunciou Puccinelli ao destacar que o restante do recurso do Proinveste e montante conseguido junto ao BNDES serão liberados ainda no mês de agosto.

O governador lembrou ainda que as fases das licitações já estão avançadas. “O governo do Estado já tem quase todas as obras licitadas, faltando o projeto do Hospital de Três Lagoas, que a prefeitura está fazendo, alinhar também os arranjos produtivos locais com alguns prefeitos e haverá ainda rubrica para casas e recapeamento urbano”, finalizou Puccinelli.