Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 21/05/2013

Propriedade no interior do MS produz Nelore do Ciclo Curto

Com o tempo até o abate reduzido, fazenda aumenta a rentabilidade e o giro do capital.

Da Redação

Uma das grandes preocupações dos produtores rurais é com o giro dentro da propriedade, porém, utilizar as ferramentas existentes no mercado, pode ser a saída para diminuir o ciclo de produção, aumentando assim a rentabilidade.

Um exemplo de como reduzir esse tempo pode ser encontrado no norte de Mato Grosso do Sul, mais precisamente na região do Figueirão. Lá a Fazenda 3R de Rubens Catenacci produz o chamado Nelore de Ciclo Curto, um animal de acabamento diferenciado e que demora menos tempo para ganhar peso e estar pronto para o abate.

“A diminuição do tempo de preparo do bezerro se deve a três bases de produção, que são o manejo nutricional adequado desde o nascimento, genética que traz resultado e nutrição estratégica, dessa forma o ganho por animal além de satisfatório aumenta a capacidade de trabalharmos capitalizado, o que é muito importante hoje em dia”, diz Rogério Rosalin, administrador da fazenda.

A média de produção da 3R está em desmamar animais de 8 à 10 meses de idade com 300 kg de peso médio, um ideal muito acima do padrão encontrado em outras propriedades. A utilização de critérios de seleção, touros provados, ultrassom de carcaça mesmo nos animais menos erados, creepfeeding entre outros acelera o processo e aumenta as chances de ganho do animal.

“No final temos um bezerro pronto e com a genética ideal para quem busca rapidez, como nos processos de integração, onde a variabilidade de cultura exige animais com alta capacidade de conversão e que serão terminados de forma mais rápida, para que a outra cultura entre na propriedade”, enfatiza Rogério Rosalin.

E toda essa qualidade será colocada amostra durante a 35ª edição Expocam, a Exposição Agropecuária de Camapuã, conhecida como a capital do bezerro de qualidade.

“Serão 1500 animais diferenciados e que trarão o giro que o produtor precisa. Nosso ideal, acima de tudo, é melhorar a produção da região e com isso todos ganham, com mais rapidez, mais peso e mais qualidade”, finaliza Rubens Catenacci.

O remate acontece no dia 22 de maio, quarta-feira, a partir das 19 horas, durante a Expocam 2013.