Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 12/04/2013

Controle de formigas é um dos destaques do MS Florestal

Formigueiro adulto consume 1 toneladas de folhas por ano o equivalente a 86 árvores adultas.

Da Redação

O controle da formiga cortadeira (saúvas e quenquéns) é hoje o alvo de maior atenção das reflorestadoras por causar danos econômicos significativos e o seu manejo demanda tecnologias adequadas, que gerem eficiência com baixo impacto ambiental. Esse foi um dos temas centrais do segundo dia (10) de palestras da MS Florestal, em Bonito (MS). O assunto foi discutido em palestra do engenheiro agrônomo, Augusto Tarozzo.

Segundo Tarozzo, um formigueiro adulto (com mais de três anos) consome cerca de 1 tonelada de folhas por ano, o equivalente a 86 árvores adultas. Por isso, as florestas plantadas com fins econômicos (Eucalipto e Pinus) dedicam extrema preocupação com o controle dos formigueiros, que chega a absorver até 40% dos custos de produção.

O desafio hoje é fazer um manejo sustentável das florestas e isso reflete na necessidade do uso de materiais e tecnologias de maior proteção ambiental, adequados às exigências das certificações. A tecnologia do Mipis Evolution – explica Tarozzo – vem sendo mais e mais valorizada pelo setor, poisconsiste em um micro-porta-isca de celulose poliextrusada, degradável no solo, que acondiciona as iscas formicidas Mirex-S e as mantém por mais tempo no campo, protegendo-as da umidade, aumentando o rendimento operacional das aplicações e melhorando a eficiência de controle. “O controle das formigas cortadeiras – conclui Augusto Tarozzo -- requer um manejo preciso e a tecnologia Mipis Evolution oferece isso, aliada a um desenvolvimento sustentável das florestas”.

A tecnolgia do Mipis é patenteada pela Atta-Kill, empresa do Grupo Agroceres e líder no mercado brasileiro de iscas formicidas e com exportações para 16 países da América do Sul, Central e Caribe.