Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 12/04/2013

Começa nesta quinta a 75ª Exposição Agropecuária de Campo Grande

Acrissul espera que evento receba 300 mil visitantes e movimente R$ 150 milhões.

Da Redação*

Começa nesta quinta-feira (11), às 18h, a 75ª edição da Exposição Agropecuária de Campo Grande (Expogrande.). Nos 11 dias de programação, o evento tem uma agenda intensa, que inclui leilões, palestras, provas equestres e shows.

A expectativa, segundo a Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul (Acrissul), é que o evento receba 300 mil visitantes e movimente R$ 150 milhões na economia do Estado. Serão realizados mais de 40 leilões, mais de 20 palestras, mais de 100 stands comerciais e 18 shows musicais.

Conforme a Acrissul, em 2013 foram investidos mais de R$ 1 milhão para revitalizar o Parque de Exposições Laucídio Coelho, onde o evento é promovido. Com o arrendamento de 30 mil metros da área do parque para a construção do supermercado do grupo Assaí, todo o layout do parque mudou.

Foi criada uma nova arena de shows e os espaços foram adaptados para serem melhores aproveitados pelos stands, que já estão todos ocupados. Os cavalos ganharam uma nova área coberta destinada para todas as raças criadas no Estado e as crianças vão ter um espaço dedicado a elas.

O espaço do pequeno produtor irá receber cerca de 3 mil crianças de escolas de Campo Grande durante o dia e no período da noite ficará aberto para os visitantes da feira. Criado para demonstrar a importância do trabalho do produtor rural, as crianças terão contato com uma mini fazendinha além de desenvolverem atividades para se aproximar da vida no campo.

Enquanto as crianças se divertem os pais podem realizar bons negócios. Nesta edição o Banco do Brasil já disponibilizou R$ 100 milhões em créditos para serem utilizados durante a feira. O Bradesco também estará presente com um stand e oferecendo vantagens para os produtores dispostos a investir durante o evento.

O Parque de Exposições também ganha uma agência fixa do Banco Original, a inauguração acontece durante a feira e consolida a parceria entre a Acrissul e o Grupo JeF, que também abrirá um escritório do frigorífico JBS no Parque de Exposições.

Outro destaque é a realização da 3ª expogenética, o local dedicado ao melhoramento genético na pecuária ganhou um espaço maior. Este ano são quatro pavilhões destinados a expor o melhor em genética de campo utilizado atualmente no Estado. É a ciência aplicada em beneficio do pecuarista ao alcance dos olhos do produtor.

Para os interessados em nutrição animal uma novidade chama atenção. Uma parceria entre o Confinamento Malibu e a Acrissul realizará uma prova de ganho de peso. A prova começou a cerca de dois meses quando dez associados escolhidos pela Acrissul levaram 100 animais pra o confinamento.

Para participar da prova os bovinos tinham que ser machos, com boa genética, nelore ou de cruzamento industrial e estar com o peso médio de 400 kg. Para concluir a prova, com o início da feira, esses animais serão levados para o Parque de Exposições, em uma estrutura montada pelo confinamento, onde serão monitorados diariamente por um técnico. No final da exposição será realizado um abate técnico, o animal que tiver o melhor resultado será premiado.

Com preços populares, os shows da Expogrande sempre foram esperados pela população de Campo Grande. Com a promulgação da lei que modifica a Lei do Silêncio e torna a Expogrande patrimônio cultural da cidade a realização dos shows foi garantida para essa edição.

Esse ano a lista de atrações é diversificada. Vai de Vitor e Léo a apresentação dos palhaços Patati Patata que é voltada ao público infantil.

Uma parceria feita com a ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande) vai facilitar ainda mais a entrada aos shows, as pessoas que comprarem em lojas associadas à ACICG, vão ganhar um voucher que garante desconto de 50% no valor da bilheteria da festa.

Para o presidente da Acrissul, Francisco Maia, a 75ª Expogrande vai surpreender, e tem tudo para fortalecer ainda mais o titulo de melhor feira do agronegócio do Centro-Oeste. “Quem chegar aqui vai ver uma nova Acrissul, que inova mantendo seus valores” frisou.