Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 08/02/2013

Conab revisa para mais produção de grãos de MS que chega a 12,2 mi de t

Da safra sul-mato-grossense de grãos, a estimativa da Conab é que 49,4% seja de soja

Anderson Viegas

Em seu quinto levantamento da safra de grãos 2012/2013, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) revisou para cima a estimativa da produção sul-mato-grossense em 135,9 mil toneladas em relação a projeção anterior, divulgada em janeiro. Com isso, o indicativo é que o Estado colha neste ciclo 12,229 milhões de toneladas, o que vai representar um incremento de 5,3% em relação ao anterior quando produziu 11,610 milhões de toneladas.

Esse volume mantém o Estado na posição de quinto maior produtor nacional de grãos, atrás somente do Mato Grosso, que deve colher 44,316 milhões de toneladas; do Paraná, com 36,589 milhões de toneladas; do Rio Grande do Sul, com 27,145 milhões de toneladas e de Goiás, com 17,817 milhões de toneladas.

Da safra sul-mato-grossense de grãos, a estimativa da Conab é que 49,4% seja de soja, o que representa 6.051 milhões de toneladas, 30,7% a mais do que os 4,628 milhões de toneladas colhidas no ciclo passado. A área cultivada com a oleaginosa, conforme o órgão, aumentou 11,1% passando de 1,815 milhão de hectares para 2,017 milhão de hectares e a produtividade deve ter um incremento de 17,6%,saltando de 2.550 quilos por hectare para 3 mil quilos por hectare.

Outro grão importante na safra do Estado é o milho. O cereal somando a produção de verão e a de inverno (safrinha) deve responder neste ciclo por 47,7% do total colhido em Mato Grosso do Sul, com 5,839 milhões de toneladas. Na safra 2011/2012, o milho, com uma produção de 6,576 milhões de toneladas, pela primeira vez na história sul-mato-grossense, chegou a desbancar a soja da primeira posição do ranking de produção estadual, mas neste ciclo não repete o desempenho e registra queda de 11,2% frente ao anterior.