Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 15/10/2012

Venda antecipada da soja chega a 45% em MS

O valor pago pela saca de 60 quilos da soja, no início do mês, ficou entre R$ 77,50 em Sidrolândia e R$ 79,00 em Campo Grande.

Famasul

Apesar de estar no início do plantio, cerca de 45% da safra de soja 2012/2013 já foi negociada antecipadamente pelos produtores de Mato Grosso do Sul. O volume fica bem acima dos 30% vendidos no início do plantio do ano passado e é resultado da valorização da soja brasileira, que registra preços históricos.

O valor pago pela saca de 60 quilos da soja, no início do mês, ficou entre R$ 77,50 em Sidrolândia e R$ 79,00 em Campo Grande. Comparado ao mesmo período do ano passado, quando a saca atingiu entre R$ 41,50 e R$ 42,50, houve aumento de até 85%. “Os preços estão mais elevados devido à demanda aquecida com a forte estiagem nos Estados Unidos. Com isso, o produtor aproveita o bom momento e vende o grão para entregar em março do ano que vem”, analisa o assessor técnico da Federação de Agricultura e Pecuária, Lucas Galvan.

A orientação agora é analisar a evolução da soja após o plantio para, então, arriscar novos contratos. “O montante negociado até esse momento representa uma margem segura. Acima disso é preciso cautela. Não sabemos como o clima vai se comportar durante a safra, o que pode comprometer a produção. Se o produtor não tiver a soja para entregar ao final do período terá de comprar do mercado o produto com preço elevado para honrar os contratos”, enfatiza Lucas.

O cenário positivo da soja deve impactar ainda no crescimento de 14% da área plantada no Estado. De acordo com levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), a área destinada à cultura sai de 1.815 para 2.069 mil hectares. Segundo Lucas Galvan, o aumento se dará principalmente sobre áreas de pastagens degradadas. “O que representa um ganho ambiental muito grande já que o produtor vai precisar investir na correção dos solos”, analisa Lucas.