Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 25/08/2014

Comercialização de orquídeas se expande em Mato Grosso do Sul

Preços das flores variam de R$ 15 a R$ 150, segundo instrutor do Senar/MS.

Da Famasul

O cultivo de orquídeas está em expansão devido à valorização da flor em Mato Grosso do Sul, onde a unidade oscila entre R$ 15 e R$ 150. A afirmação é do instrutor do Senar/MS – Serviço de Aprendizagem Rural, Sergio Ostetto, durante palestra ministrada neste domingo (24), na Feira do Empreendedor, realizada pelo Sebrae no Centro de Convenções Albano Franco.

Segundo Ostetto Mato Grosso do Sul possui 200 espécies de orquídeas, que podem ser encontradas de Norte a Sul do Estado. O palestrante afirma que a atividade é vantajosa e de pequenos riscos, uma vez que se pode comercializar a muda, a flor, até mesmo a realização de prestação de serviços para manutenção de orquidários. “Não existe limite mínimo nem máximo para o início deste ramo. O retorno depende do investimento. Mas, como em qualquer negócio, é fundamental que o profissional adquira conhecimentos técnicos sobre o cultivo”, ressaltou.

De acordo com o superintendente do Senar/MS, Rogério Beretta, atividades como o cultivo de orquídeas demonstram a amplitude dos recursos naturais provenientes do campo. “Assim como as orquídeas o meio rural disponibiliza uma série de matérias primas que são base de atividades empreendedoras que o homem do campo desenvolve”.

O instrutor do Senar/MS enfatizou os cuidados fundamentais da orquídea. Em primeiro lugar, a planta deve ter acesso ao sol, desde que protegida com uma tela com 80% de sombreamento e precisa de água, de lugar arejado e de fertilizantes. “A prevenção contra pragas e doenças pode ser feita por intermédio de defensivos naturais, que não danificam a natureza”.

Para a empresária Maria Daniele Alexandre as técnicas aprendidas no evento a auxiliarão para ampliar o seu jardim. “Eu já cultivo outras plantas, vou utilizar o que aprendi aqui no que já tenho plantado em casa e vou começar a cultivar orquídeas também, no momento apenas por lazer, mas quem sabe um dia de forma comercial”, destacou.