Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 05/08/2014

Com margens apertadas, workshop discute aumento da eficiência na pecuária

Evento está sendo realizado em Campo Grande.

Lilianthea Lopes Oliveira Viegas com informações da Embrapa

Com um cenário de margens entre o custo de produção e rentabilidade da pecuária de corte cada vez mais apertadas, os criadores tem de aprimorar a gestão do seu negócio, ampliando a eficiência só sistema produtivo e aplicando melhor seus recursos.

Para discutir essa necessidade da atividade, a Embrapa em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso do Sul promove entre está terça e quinta-feira (de 5 a 7 de agosto) o workshop “Gerenciamento na pecuária de corte para a promoção da eficiência técnico-econômica". O evento está sendo realizado no auditório da Federação de Agricultura e Pecuária do Estado (Famasul).

A pesquisadora em economia e administração rural da Embrapa, Mariana de Aragão Pereira, destaca também que é preciso melhorar a gestão na pecuária porque vem aumentando também a competição entre as atividades econômicas, as exigências mercadológicas e o rigor da legislação.

“A gestão eficiente da propriedade torna-se então o meio de superar as dificuldades, identificar oportunidades e obter bons resultados", aponta.

Mariana diz que no evento, o objetivo é compartilhar visões e experiências de diversos atores da cadeia produtiva com atuação na área e ainda debater conceitos e fundamentos que propiciem ao participante entender melhor o universo gerencial e o preparar para colocar em prática esse conhecimento.

Estarão participando das discussões do evento especialistas da própria Embrapa, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs) e da Universidade Federal de Viçosa (UFV), do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada da Universidade de São Paulo (Cepea/USP) e de empresas como a Terra Desenvolvimento Agropecuária, Fazenda Cachoeirão, Exagro e Beeftec, além do Sebrae.

Na programação serão discutidas a gestão do negócio, o associativismo, a gerência de recursos humanos, o custos de produção, a visão do consultor, o pecuarista, a pesquisa, a extensão e a produção, além da viabilidade econômica da atividade.