Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 31/07/2014

Repolhos Híbridos garantem qualidade de produção em todo o Brasil

Variedades Atlanta F1 e Veloce F1, possuem alta adaptabilidade.

Da assessoria

Presente em todos os estados brasileiros, o repolho é uma hortaliça muito cultivada nos Cinturões Verdes das regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste, ocupando uma área de aproximadamente 19.000 ha. Apreciada na culinária de diversas regiões do país, a cultura é uma atividade atrativa por ser menos exigente em adubação, podendo ser utilizada como rotação de cultura, tornando-a, desse modo, mais rentável. Outra vantagem da rotação com repolho é devido à presença de glucosinolate, substância que, segundo estudos, tem efeito sobre nematóides (Meloidogyne spp.).

Para atender as necessidades dos produtores, a Topseed Premium, linha de sementes profissionais de alta tecnologia da Agristar do Brasil, possui duas variedades híbridas de repolho. “O Atlanta oferece o melhor custo-benefício do mercado, com cabeça grande e compacta. O Veloce apresenta menor incidência de ataque de traças (Plutella xylostella) devido à sua arquitetura de planta, que permite melhor controle dos insetos, reduzindo as perdas para o agricultor. Ambos possuem maior resistência a Podridão Negra das Crucíferas (Xcc), principal doença que atinge a cultura, garantindo uma produção mais estável e com maior qualidade ao consumidor”, explica o Especialista em Folhosas e Brássicas da Agristar, Silvio Nakagawa.

Segundo o especialista, o repolho Veloce vem sendo bem aceito no Nordeste devido a sua precocidade, formato e resistência. Já o Atlanta tem atendido bem a região Sudeste, mesmo sem poder mostrar sua principal vantagem de tolerância a Xcc, devido a falta de água nas principais áreas produtoras.

As variedades foram adaptadas para serem cultivadas durante todo o ano, porém preferem clima ameno para melhor se desenvolver. “O repolho pode ser cultivado próximo aos centros consumidores ou mesmo ser transportado para estados do Norte do Brasil. Para suportar esta viagem a planta precisa ter boa sanidade e enfolhamento para proteger a cabeça”, conclui Nakagawa.

No Brasil, a produção de repolho está concentrada principalmente na região serranas do Espírito Santo e Rio de Janeiro e nos Cinturões Verdes de São Paulo e do Sul do Brasil.

Benefícios à saúde

O consumo constante de brássicas, família a qual pertence o repolho, pode reduzir os riscos de aparecimento de vários tipos de câncer, devido à presença de substâncias antioxidantes.

A hortaliça é rica em vitaminas C, A, B1, B2, B6, K e fonte de ácido fólico, fibras e minerais, como o cálcio, fósforo e enxofre. O repolho possui ainda quantidades significativas de glutamina e polifenóis, que o tornam um alimento com propriedades antiinflamatórias.