Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 20/06/2014

ExpoFigueirão apresenta nova possibilidade de cultivo

Exposição começa nesta sexta-feira (20).

Da assessoria

Alimento básico na mesa de muitos brasileiros, a mandioca pode se tornar também alternativa viável de renda para os produtores da região norte de Mato Grosso do Sul. Essa nova possibilidade de produção será apresentada na tarde desta sexta-feira, 20 de junho, a partir das 16 horas, na segunda edição da Expo Figueirão, que acontece até o dia 22 de junho, na cidade de Figueirão/MS.

Segundo o instrutor do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural em Mato Grosso do Sul (SENAR/MS) Antônio Minari - que fará a apresentação sobre produção e comercialização do mercado de mandioca - o Brasil é o segundo maior produtor do alimento no mundo, perdendo apenas para a Nigéria, o que torna cada vez mais viável a produção do produto.

Para Minari, a região tem todas as condições favoraveis para o cultivo da raíz, que tem capacidade de produção de até 30 toneladas por hectare, devendo o produtor tomar apenas alguns cuidados no momento do plantio e principalmente na hora de vender o produto.

“O pouco risco de geada favorece o plantio e a melhor produção da mandioca, porém, o fator primordial para a melhor qualidade do produto está nas condições do terreno que não pode ser encharcado ou um local com lençol freatico aflorado, isso gera umidade que prejudica o desenvolvimento desde a maniva, logo após o plantio, até o momento de colher a raíz. Além disso, a gestão é essencial, é preciso procurar o mercado e para onde escoar a produção antes mesmo de plantar”, explica o instrutor.

Para auxiliar justamente no conhecimento da melhor gestão da propriedade, a exposição contará também com uma apresentação do programa Mais Inovação, que tem como objetivo melhorar o processo de gestão da propriedade e até mesmo implentar novos sistemas como a integração entre lavoura e pecuária.

“Já estamos na segunda turma de Figueirão, onde na edição 2013/2014, 8 produtores foram atendidos com foco na recuperação de pastagens e integração e na turma 2014/2015 mais 8 participarão do programa. O Mais Inovação é uma grande oportunidade de melhorar a rentabilidade da propriedade como também melhorar a comercialização dessa produção”, explica Mariana Urt, coordenadora do projeto em Mato Grosso do Sul.

Para os idealizadores da exposição, as apresentações servem de estimulo para o crescimento da região como um todo, melhorando a renda não só do produtor como o desenvolvimento da própria economia local, que tem como base o agronegócio.

“A região norte tem muito potencial e o que queremos é isso, levar a informação e transformar a vida dos produtores de nossa região. Dessa maneira, chamamos também a atenção de novas industrias e de novas possibilidades para todos”, enfatiza o vice-prefeito de Figueirão, Rogério Rosalin.

Sobre a Expo Figueirão

O evento acontece de 20 a 22 de junho na chácara da 3R, MS 223 saída para Costa Rica. A programação começa no dia 20 com palestras no Sindicato Rural de Figueirão a partir das 16 horas.

A noite, os shows prometem esquentar a cidade, com a presença do Eduardo Limma, Leo Goiano, Girsel da Viola e o baile Chama Campeira. No dia 21 a abertura oficial da Expo Figueirão acontece as 9 da manhã, seguida do Mega leilão Produção Fazenda 3R, a noite shows com Victor e Vinicus e baile com Marlon Maciel. No domingo, 22 de junho, as 9 da manhã, começa o Mega Leilão de Doação Areia Santa, fechando a programação da feira.

A Expo Figueirão 2014 é uma realização da Fazenda 3R, Focus Video e Rica Comunicação. O evento conta com o apoio do Governo de Mato Grosso do Sul, da Prefeitura e da Câmara Municipal de Figueirão, do Sindicato Rural da cidade, da Famasul, Lima 9 e com a parceria da John Deer Agroamazônia, Macal, Agroceres Multimix e Ourofino. A exposição terá a cobertura jornalística ao vivo do Sistema Brasileiro de Agronegócio, Canal do Boi.