Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 20/11/2012

Curso em MS ensina a administrar propriedade rural como um negócio

Capacitação está sendo oferecida pelo Senar/MS

Senar/MS

“Administrar uma propriedade não precisa ser um bicho de sete cabeças”. É o que afirma o analista do departamento de Gestão de Educação Profissional do Senar/MS, Raul Alffonso Rodrigues Roa. Para proporcionar aos produtores rurais conhecimentos que facilitem o processo administrativo da propriedade rural, o Senar oferece desde 2008, o curso Administrar, que já capacitou cerca de 500 pessoas em 22 municípios de MS e tem como objetivo ensinar ao homem do campo, métodos simples e eficientes, de administração de propriedades. Assim, os participantes podem controlar seus gastos e melhorar sua renda.

O treinamento é fruto de uma campanha lançada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural - Senar/MS no ano de 2007, Programa Sanidade sem Fronteiras - que teve o objetivo de conscientizar trabalhadores, produtores rurais e suas famílias, quanto à responsabilidade sanitária. "Na época, gerou-se uma discussão em torno de um surto de Febre Aftosa na fronteira do Estado e por isso, houve a necessidade de ser estruturado um programa que pudesse orientar os trabalhadores rurais. Na ocasião, o Administrar era uma das ações propostas pelo programa; mas, após o seu encerramento, verificou-se a necessidade de manter esse treinamento, considerando sua abrangência e importância para os produtores rurais”, explica Roa.

Para o analista, o produtor deve ter a consciência de que decisões importantes devem ser tomadas com cautela e baseadas em informações detalhadas de produção e custo de sua propriedade. “O Senar decidiu manter o Administrar na forma de treinamento devido aos resultados alcançados. O curso ensina o controle sobre as receitas e despesas que ajudam o produtor na tomada de decisão, além da análise do negócio”, afirma explica o analista do departamento de Gestão de Educação Profissional do Senar/MS.

Durante o curso, são realizadas diversas práticas. Os participantes fazem levantamentos de dados da propriedade, economia da região e análises de todos os recursos (terras, benfeitorias, equipamentos, rebanhos...) que a propriedade dispõe. Os dados obtidos são trabalhados e resultam em planilhas produzidas pelos participantes para entender melhor a forma de organizar despesas e lucros. O resultado é uma análise financeira da propriedade, que auxilia na conclusão da viabilidade econômica das atividades realizadas na propriedade rural.

O Administrar tem duração de 16 horas e não possui custo nenhum ao produtor. Para saber mais sobre as datas e como se inscrever, basta entrar em contato com o Sindicato Rural da sua cidade, ou acessar o site: http://www.senarms.org.br.