Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 12/05/2014

Workshop discute melhoramento genético para o Cerrado brasileiro

O evento será no Auditório da Unidade I da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD).

Da assessoria

De 13 a 15 de maio, acontece o Workshop "Melhoramento Vegetal: Contribuições, Avanços e Perspectivas para o Cerrado Brasileiro", com a finalidade de discutir avanços e estratégias (convencionais e biotecnológicas) para o melhoramento de culturas agrícolas importantes do Cerrado. O evento será no Auditório da Unidade I da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD), na Rua João Rosa Góes, 1761, Vila Progresso. A realização é da Sociedade Brasileira de Melhoramento de Plantas (SBMP), Regional Mato Grosso do Sul, com promoção da Embrapa e UFGD.

"A programação está dividida em quatro painéis, com três palestras em cada um deles, que terminam com mesa redonda", informa o pesquisador da Embrapa Gado de Corte, Sanzio Barrios, que faz parte da comissão organizadora do evento. A finalidade é criar um fórum de discussões envolvendo o melhoramento convencional e a utilização da biotecnologia nas principais culturas agrícolas da região: soja, cana-de-açúcar, milho e forrageiras, procurando contribuir para o desenvolvimento regional.

Podem participar do workshop: pesquisadores, professores e estudantes, de graduação e pós-graduação, das áreas de ciências agrárias e biológicas. A programação e outros detalhes podem ser obtidos em http://cloud.cnpgc.embrapa.br/wmv2013/

Pioneirismo

O evento é o primeiro sobre melhoramento vegetal envolvendo as principais culturas agrícolas de interesse estadual. A necessidade de um encontro técnico-científico dessa natureza aumentou, principalmente, após a criação da regional filiada à Sociedade Brasileira de Melhoramento de Plantas, em Mato Grosso do Sul, durante o 7º Congresso Brasileiro de Melhoramento de Plantas, realizado em Uberlândia, em agosto de 2013.

As regionais filiadas à SBMP têm como objetivo promover o desenvolvimento da área de melhoramento de plantas no estado; congregar e efetuar o intercâmbio científico daqueles que se dedicam à pesquisa, ao ensino e às atividades relacionadas ao melhoramento de plantas; promover e/ou estimular eventos, cursos de especialização e extensão universitária para a formação de melhoristas, além de estimular a melhoria do ensino na área em todos os níveis.

A Diretoria da Regional Mato Grosso do Sul é composta pela professora da UFGD, Liliam Silvia Candido (presidente); os pesquisadores da Embrapa Gado de Corte, Sanzio Barrios e Lucimara Chiari, e o pesquisador da Embrapa Agropecuária Oeste, Carlos Lásaro Pereira de Melo.

O Workshop recebe o apoio de: Capes, Fundect, Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, Terra Fértil, Grupo de Plantio na Palha de Dourados, Sindicato Rural de Dourados, Sanesul e Mapa/SNPC. O patrocínio é da Unipasto, do Sistema Famasul e Biosul.