Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 08/04/2014

Mesmo com fator clima, MS registra safra recorde de 6,05 mi de t de soja

O volume é recorde e representa um crescimento de 4,5% frente as 5,8 milhões de toneladas colhidas no ciclo 2012/2013.

Do CanaNews

Mesmo com as lavouras de soja sendo prejudicadas pelo clima, em alguns momentos com escassez de chuva e em outros por excesso, Mato Grosso do Sul produziu na safra 2013/2014, 6,05 milhões de toneladas do grão. O volume é recorde e representa um crescimento de 4,5% frente as 5,8 milhões de toneladas colhidas no ciclo 2012/2013.

Os números foram apresentados nesta segunda-feira (7) pela Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), com base em informações coletadas pelo Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio (Siga).

A produtividade média, conforme a entidade, foi de 46,3 sacas por hectare nesta safra, 4% menor do que as 48 sacas por hectare do ciclo anterior. O município com maior produtividade na safra 2013/14 foi Chapadão do Sul, onde o sojicultor conseguiu colher 57 sacas por hectare, logo depois, ficou São Gabriel do Oeste, com 55 sacas por hectare.

Em sentido contrário, Douradina foi a cidade com menor produtividade, registrando apenas 30 sacas da oleaginosa por hectare. Já Maracaju, maior produtor de soja do estado, registrou média de 45,5 sacas por hectare e deve colher 683 mil toneladas do grão neste ciclo.

Já a área cultivada com o grão saltou de 1,98 milhão de hectares para 2,18 milhões de hectares, um incremento de 10%.

Informações da Granos Corretora apontam que o preço disponível atual é de R$ 61,50 a saca. Até o momento, 65% da soja 2013/14 já foi comercializada.