Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 27/02/2014

MS ultrapassa a marca dos 700 mil hectares com florestas plantadas

Setor de papel e celulose está alavancando o crescimento de área com florestas plantadas.

Anderson Viegas

Mato Grosso do Sul iniciou o ano de 2014 ultrapassando a marca dos 700 mil hectares com florestas plantadas, o que representa um crescimento de aproximadamente 17,8% em relação aos 594 mil hectares de 2013. A informação é do diretor executivo da Associação Sul-Mato-Grossense de Produtores e Consumidores de Florestas Plantadas (Reflore MS), Benedito Mário Lázaro (Dito Mário).

Segundo Dito Mario, essa expansão está sendo alavancada sobretudo pelo crescimento das áreas cultivadas das duas gigantes de produção de celulose instaladas em Três Lagoas, a Fibria e a Eldorado Brasil.

Com a perspectiva da instalação de uma terceira fábrica de celulose em Mato Grosso do Sul, um empreendimento da CRPE Holding S.A., que seria implantando em Ribas do Rio Pardo, e tem previsão de começar a ser construído ainda em 2014 e entrar operação em 2017, o diretor da Reflore MS aponta que a expansão da área cultivada com florestas plantadas no estado deve continuar.

“Somente para abastecer essa nova planta seriam necessários entre 120 mil e 150 mil hectares”, comenta Dito Mario, explicando que a entidade trabalha com a projeção do aumento de área de aproximadamente mais 100 mil hectares para Mato Grosso do Sul em 2014, o que levaria o maciço florestal sul-mato-grossense a ocupar mais de 800 mil hectares.

Ele projeta que se mantido esse ritmo de crescimento do setor de papel e celulose e outros segmentos que utilizam madeira de reflorestamento, como a indústria moveleira, se instalarem no estado, que até 2020 Mato Grosso do Sul deverá atingir a marca de 1 milhão de hectares cultivados com florestas plantadas.