Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 07/11/2012

China se mantém como a maior importadora da soja brasileira

Entre janeiro e setembro deste ano, as exportações brasileiras de soja para a China movimentaram US$ 11.610.835,00

China se mantém como a maior importadora da soja brasileira Entre janeiro e setembro deste ano, as exportações brasileiras de soja para a China movimentaram US$ 11.610.835,00

Da Redação*

Entre janeiro e setembro deste ano, as exportações brasileiras de soja para a China movimentaram US$ 11.610.835,00, contra U$ 9.666.651,00 no mesmo período em 2011, ou seja, quase US$ 2 milhões a mais. A quantidade do produto exportado para o país asiático, nesses primeiros nove meses de 2012, foi de 22.110.570 t, o que é equivalente a 70,9% das exportações nacionais de soja. Em 2011, essa quantidade foi de 19.510.625 t. Os dados constam no boletim "Indicadores da Agropecuária", edição setembro e outubro de 2012.

Atualmente, o Brasil é um dos principais fornecedores do grão para a China, considerada a maior importadora global de soja. O país disputa esta posição com os Estados Unidos, que vem sofrendo com estoques baixos em razão da seca no Meio-Oeste de seu território. Em outubro, duas comitivas do governo chinês visitaram a Regional da Conab em São Paulo, para conhecer as ações da Companhia relativas à armazenagem, escoamento, custos, safras e exportação de grãos. (Antônio Marcos da Costa / Assessoria de Imprensa da Conab)

(*Com informações da assessoria)