Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 23/01/2014

Começa nesta quarta-feira a edição 2014 do Showtec

Feira conta com cerca de 130 expositores e espera púbico de 12 mil pessoas em Maracaju (MS).

Fundação MS

Começa nesta quarta-feira, 22, a partir das 8 horas, a 18ª edição do Showtec, considerado um dos maiores eventos agropecuários do país. A feira será realizada na sede da Fundação MS, em Maracaju (MS). O tema deste ano é “Inovação tecnológica nas mãos do produtor rural”. O evento conta também com cerca de 130 expositores, onde serão apresentadas novas soluções para os sistemas produtivos, e aproximadamente 500 tecnologias direcionadas para o campo. Novos espaços para os setores de pecuária, leite, sucroenergia e agricultura familiar também fazem parte da programação.

Para o presidente da Fundação MS, Luiz Alberto Moraes Novaes, o evento será uma oportunidade para que o produtor rural busque conhecimento e atualização das principais tendências do setor. “O Showtec vem crescendo a cada edição. Neste ano, a programação está bastante diversificada, teremos palestras com pesquisadores de todo o Brasil, que irão debater temas de grande relevância para o agronegócio”, afirma.

Os participantes poderão participar dos giros tecnológicos, que são palestras técnicas com pesquisadores da Fundação MS e instituições parcerias, sobre variedades de soja para Mato Grosso do Sul e a integração de milho com capim para a produção de carne e grãos.

Lançamentos de novos produtos no mercado agropecuário também fazem parte da programação da feira. Um exemplo disso é a soja transgênica BRS359RR. A cultivar é uma novidade no mercado e está entre os destaques do evento. Desenvolvida pela Embrapa e Fundação Meridional, este tipo de soja apresenta um ciclo precoce e hábito de crescimento indeterminado, com bom potencial produtivo, sendo indicada para cultivos na região centro-sul do Estado.

Outro tema debatido nesta edição é o impacto do javali na agricultura do Estado. O animal é considerado exótico e sua população que cresce anualmente em Mato Grosso do Sul. Ele pode causar prejuízos em lavouras e até mesmo na pecuária. O ataque do animal nos plantios em Mato Grosso do Sul ocorre há alguns anos, porém, tem se intensificado, principalmente nas lavouras de milho e cana, onde os prejuízos são maiores.

As pragas de difícil controle também estão na programação. A Helicoverpa armigera, lagarta com presença recentemente confirmada em Mato Grosso do Sul, é um exemplo. Ela se alimenta de diversas culturas, como soja, milho, algodão, entre outras, e possui alta capacidade reprodutiva e grande potencial de dano. Para que o controle da praga seja eficiente, é primordial saber diferenciar as espécies. A lagarta da espiga do milho (Helicoverpa zea), a lagarta da maçã (Heliothis virescens) e a Helicoverpa armigera são parecidas, mas são espécies diferentes.

A participação de empresas voltadas para a pecuária na edição de 2014 terá mais evidência. Segundo o pesquisador da Fundação MS, Alex Melotto, isso é um pedido dos produtores. “Estamos atendendo a demanda dos participantes e contribuindo para a diversificação dos serviços oferecidos na feira”, explica. Alternativas em genética bovina, sementes de pastagens, suprimentos e outros produtos voltados para a pecuária de corte também serão apresentados.

Rodada de Negócios

Pela primeira vez no Showtec, será realizada a Rodada de Negócios, em parceria com o Sebrae/MS. O objetivo é apresentar oportunidades e aproximar a tecnologia empresarial aos negócios do campo. Entre os benefícios, quem participa da rodada de negócios recebe auxílio na identificação e captação de novos fornecedores e compradores. É uma excelente ocasião para que os produtores façam contato com grandes empresas, troquem informações e conhecimento de mercados potenciais.