Canais de Notícia

Agrobussines

Publicada em 10/01/2014

Conab reitera safra recorde, mas não contabiliza quebra da soja em MS

Estimativa da Conab foi feita com base em dados de dezembro, antes do agravamento da estiagem no sul do Estado.

Anderson Viegas

Estimativa divulgada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) nesta quinta-feira (9) reitera a projeção de dezembro de uma safra recorde de grãos em Mato Grosso do Sul no ciclo 2013/2014, 14,3 milhões de toneladas. Esse volume representa um aumento de 2,9% frente ao 2012/2013, quando os agricultores sul-mato-grossenses colheram 13,9 milhões de toneladas.

Entretanto, o levantamento ainda não contabiliza os efeitos do veranico (mistura de estiagem com temperaturas altas) que atingiu as lavouras da região sul do Estado no fim do ano passado e que deve provocar, conforme previsão da Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja/MS), uma quebra de pelo menos 10%¨da safra.

Na estimativa da Conab, que foi feita entre os dias 15 e 18 de dezembro, a projeção é que o Estado colha 6,3 milhões de toneladas de soja, o que representaria um ganho de 9,5% frente as 5,8 milhões de toneladas produzidas no ciclo passado.

A Aprosoja/MS, entretanto, apontou no início desta semana, que em razão do veranico essa projeção foi revista para baixo, devendo a produção ficar no mesmo patamar do ciclo passado, 5,8 milhões de toneladas.