Colunistas

Sérgio Longen

Publicada em 05/10/2012

Uma nova lógica de gestão

Multiplicar a produtividade das indústrias, ampliar a oferta de empregos, melhorar salários e gerar mais renda para as pessoas. Estas são, em síntese, as principais conquistas que podemos alcançar com o aumento da competitividade da nossa indústria. E o caminho para atingidas, de maneira sustentável e sólida, é investir em um modelo de logística inovador, contemporâneo e integrado com as demandas dos diversos setores da indústria do Estado, da região e país.

Alcançar um estágio avançado nesta área é um processo que requer ações imediatas para garantir, no menor prazo, condições gestão.

O Projeto vai identificar e selecionar os sistemas de logística de menor custo para transformar o Centro-Oeste em uma região mais competitiva. Estamos empenhados em unir forças e sistemas de toda a região para incorporá-la às demais regiões do país, contempladas pelo mesmo Projeto. É uma articulação nacional das lideranças industriais para reconstrução e melhoria da infraestrutura brasileira, com a participação ativa e efetiva da iniciativa privada. Com este Projeto, vamos criar os eixos integrados de Desenvolvimento e, na medida que forem complementados com investimentos em energia, telecomunicação e capital humano, vão atrair novas atividades econômicas.

Temos um compromisso com as causas da indústria e, por todas as variáveis a elas relacionadas, mantemos um comprometimento real com a modernização do modelo de gestão empresarial e sua consequente contribuição com o desenvolvimento. Precisamos ser rápidos, agir de maneira objetiva e investir nas áreas que, em muito pouco tempo, serão as bases para assegurar o desenvolvimento pleno e integrado do nosso território. Não podemos mais condicionar o crescimento industrial apenas aos incentivos fiscais.

(*) Sérgio Longen é empresário do setor de alimentos e presidente da Fiems – Federação das Indústrias de Mato Grosso do Sul